As razões que motivam a extração dentária normalmente estão relacionadas à cárie, traumas ou posicionamento incorreto dos dentes.

Embora algumas pessoas tenham receios de passar por esse tipo de cirurgia, o desconforto gerado pelo procedimento é minimizado por meio da utilização de anestesias e técnicas avançadas de odontologia.

O sangramento após a extração este é um sintoma que surge após a extração do dente e demora algumas horas para passar.

Arranquei um dente e não para de sangrar

Arranquei um dente e não para de sangrar
Arranquei um dente e não para de sangrar

Arranquei um dente e não para de sangrar, por isso a sugestão que deixamos é colocar um pedaço de gaze sobre o vazio deixado pelo dente e trincar durante 45 minutos a 1 hora, uma vez que, a pressão exercida ajuda a estancar o sangramento.

Por norma, esta indicação é dada pelo seu médico dentista logo após a extração e por isso o paciente já sai do consultório com a gaze colocada. Neste caso, não é aconselhável trocar a gaze em casa.

O ácido tânico no saquinho de chá ajuda a formar um coágulo e contrair vasos sanguíneos. Mantenha-se calmo, sentado e evitando exercícios. Se o sangramento persistir, ligue para seu cirurgião.

No entanto, existem certas dúvidas sobre os cuidados que devem ser tomados durante o pós-operatório. Listamos algumas recomendações. Confira:

Tabaco e bebidas alcoólicas

Tão importante como o transcorrer da cirurgia, o pós-cirúrgico deve ser seguido à risca para não haver complicações.

Para os fumantes, por exemplo, deve-se evitar, a qualquer custo, o uso de tabaco antes e após o procedimento, para se obter uma cicatrização favorável, uma vez que o cigarro dificulta e tarda a recuperação da região, indica. A mesma proibição vale para bebidas alcoólicas.

Repouso

Após a extração de um dente, é imprescindível repousar e evitar calor do sol e forno/fogão por alguns dias para não estimular a circulação sanguínea no local operado e, consequentemente, acarretar problemas como sangramento e infecções.

Compressa com gelo

A compressa com gelo ou bolsa térmica gelada nas primeiras 24 horas também é muito importante para evitar ou diminuir o inchaço e hematomas provenientes da extração.

A baixa temperatura, provocada pela aplicação do gelo, auxilia na contração dos vasos sanguíneos, que estão dilatados devido ao processo inflamatório causado pela cirurgia.

Alimentação

Sobre a alimentação, é preciso evitar opções quentes por, pelo menos, 24 horas, pois a região estará sensível e pode voltar a sangrar. Também consuma alimentos mais liquido e pastoso.

Dê preferência para alimentos frios como sorvetes de massa, picolé, sucos, açaí e leite. No dia seguinte, já é permitido o consumo alimentos mornos e macios, como purês, ovo cozido e macarrão, por exemplo.

Deve tomar água à vontade e evitar fazer movimentos de sucção. A saída é sempre utilizar um copo.

Higienização e cuidados gerais

 A higienização da área operada tem que ser feita na frente do espelho, utilizando uma escova de dente com cerdas macias e com quantidade reduzida de creme dental, para que se forme pouca espuma.

Utilize um cotonete embebido de água filtrada ou enxaguante bucal sem álcool para auxiliar na remoção dos restos de alimentos que ficam retidos nos pontos. Além disso, o indivíduo não pode bochechar vigorosamente nos quatro primeiros dias.

A prescrição medicamentosa e os horários das medicações devem ser rigorosamente respeitados. Em caso de dor forte ou febre, é necessário entrar em contato com o cirurgião-dentista o mais rápido possível.

Hidratar-se à vontade

Beba muitos líquidos – especialmente água, pelo menos cinco a seis copos por dia. Não use canudinhos para ingeri-los porque o movimento de sucção pode desalojar o coágulo de sangue ao redor do local da cirurgia.

Higienizar o local

Você pode escovar os dentes à noite após a cirurgia, mas deve enxaguar suavemente e ter cuidado ao redor do local. Após a remoção do dente siso, você deve começar a enxaguar a boca pelo menos cinco a seis vezes por dia, especialmente após as refeições.

Utilize enxaguante bucal sem álcool para higienização, e um cotonete embebido em água filtrada para remover restos de comida que possam estar nos pontos. Não bocheche nada vigorosamente nos primeiros quatro dias.

Como garantir a cicatrização?

É importante para garantir uma cicatrização correta da gengiva, que se forme o coágulo de sangue no local onde estava o dente. Assim, quando o sangramento parar, são aconselhados alguns cuidados que ajudam a ter o coágulo no local correto, como:

  • Evitar enxaguar a boca com força, escovar o local ou cuspir.
  • Não mexer no local onde estava o dente.
  • Mastigar com o outro lado da boca.
  • Evitar comer alimentos muito duros ou quentes.
  • Não fumar, beber por um canudo ou assoar o nariz.

Estes são alguns cuidados fundamentais que deve fazer durante as primeiras 24 horas após a extração do dente, mas podem e devem ser mantidos durante os primeiros 3 dias para garantir uma melhor cicatrização.

Como reduzir o inchaço?

Para além do sangramento, é comum sentir um ligeiro inchaço da gengiva e do rosto na região em volta do dente que foi removido.

Para aliviar este desconforto deve aplicar compressas com gelo sobre o rosto, no local onde estava o dente. Deve repetir este procedimento a cada 30 minutos, durante 5 a 10 minutos.

Outra sugestão para aliviar o inchaço e que normalmente o paciente gosta é comer gelados. É apenas necessário que tenha em atenção o consumo com moderação e depois de comer o gelado, escovar os dentes sem passar no local do dente extraído.

Como aliviar a dor?

Nas primeiras 24 horas, a dor é muito frequente, no entanto, pode variar de pessoa para pessoa. Por norma, o médico dentista receita anti inflamatórios que aliviam as dores, mas deve sempre fazer a sua toma de acordo com as indicações do médico.

No entanto, se tiver os cuidados necessários que ajudam a parar o sangramento e a reduzir o inchaço, pode não ser necessário o uso de medicação.

Como evitar uma infeção?

Após a cirurgia de extração do dente, deve ter os seguintes cuidados para evitar uma infeção:

  • Escovar os dentes sempre depois de comer – evitando passar a escova no local onde estava o dente.
  • Evitar fumar – os químicos do cigarro aumentam o risco de infeções.