Entender como cachear o cabelo em transição é preciso quando, depois de muito tempo de alisamentos, você decide ter o cabelo natural de volta.

Tratamentos como progressiva, escova definitiva, alisamento e relaxamento alteraram a estrutura dos fios e recuperar a textura original não é rápido, mas é possível estimular os cachos durante a transição capilar com algumas técnicas e truques.

Veja as nossas dicas de como cachear a parte lisa do cabelo enquanto você passa pela transição.

Como cachear o cabelo em transição

Como cachear o cabelo em transição
Como cachear o cabelo em transição

Após aplicar o finalizador que forneça o resultado que você espera, é hora de partir para as técnicas de texturização, que vão ajudar a cachear a parte lisa do cabelo.

O melhor de tudo é que algumas delas podem ser utilizadas até como penteados para cabelos em transição! Saiba quais são as melhores técnicas para cachear a parte lisa e como fazer no seu cabelo:

Tranças

Quem nunca fez tranças no cabelo? Durante a transição, a maior vantagem desse penteado é que ele ajuda a cachear a parte lisa e ainda pode ser usado para sair por aí! Saiba como fazer tranças na parte lisa do cabelo com um passo a passo:

Passo 1: escolha um dos produtos para cachear cabelos em transição antes de fazer as tranças para potencializar a definição e manter os fios saudáveis. Aplique em todos os fios;

Passo 2: faça tranças na espessura de sua preferência e deixe o penteado por algumas horas para promover a definição;

Passo 3: depois de passar horas com as tranças, solte-as com os dedos com cuidado para não desfazer todos os cachinhos e pronto!

Twists

Os twists são muito utilizados para definir os cachos de cabelos que possuem mais dificuldade para definir, como o cabelo crespo de tipo 4C. Na transição capilar, o truque é certeiro para ajudar na definição dos cachos com uma técnica simples e prática!

Tudo o que você precisa é de um finalizador, elásticos e grampos em mãos para fazer tranças de duas mechas da raiz às pontas. Confira como fazer os twists no cabelo em transição capilar:

Passo 1: aplique o finalizador no cabelo;

Passo 2: pegue uma mecha de espessura média e separe-a em duas partes;

Passo 3: torça as duas partes entre elas, passando uma por cima da outra até às pontas.

Passo 4: prenda as duas partes juntas com um elástico e deixe o penteado por algumas horas;

Passo 5: desenrole as mechas com os dedos com cuidado e pronto!

10 dicas para fazer a transição para o cabelo natural

A transição para o cabelo natural é um processo simples de deixar sua textura natural crescer antes de cortar as pontas processadas ou danificadas.

1. Não defina um horário ainda

Você não precisa saber quando vai arrasar com seu cabelo 100% natural imediatamente! Dê a si mesmo cerca de 4 meses – até lá, você deve ter crescimento suficiente para ficar animado!

2. Encontre o seu estilo de transição preferido

O objetivo é misturar duas texturas MUITO diferentes de cabelo em uma. Experimente um nó bantu ou o favorito de uma garota natural: a torção. Esses estilos esticados ajudarão a fazer com que suas duas texturas diferentes tenham um padrão de ondulação unificado.

3. Desembarace quando o cabelo estiver molhado

Sempre desembarace quando o cabelo estiver molhado e escorregadio com condicionador usando um pente de dentes largos ou os dedos. Comece pelas pontas e vá subindo. Esse processo exige paciência, então tente fazer isso apenas quando tiver tempo para ser gentil com o cabelo – a pressa pode levar à frustração e à quebra.

4. Mantenha o couro cabeludo limpo

Você terá que fazer algumas experiências, mas limpe o couro cabeludo a cada dois dias ou a cada duas semanas.

5. Mantenha o cabelo hidratado

O cabelo seco quebra. Nada supera a água quando se trata de hidratar o cabelo, mas você também pode adicionar seus produtos de cabelo naturais hidratantes favoritos por cima para selá-lo.

6. Acostume-se ao condicionamento profundo

Máscaras capilares não são mais um tratamento especial! Cabelos naturalmente cacheados geralmente não carecem de proteínas, então fique com tratamentos de hidratação profunda.

7. Reduza o uso de calor

Não há mais necessidade de secador ou chapinha. Tente secar todos os seus estilos ao ar.

8. Proteja suas bordas

Evite estilos de transição que coloquem muita tensão nas têmporas e na nuca. O cabelo lá costuma ser mais fino, mais fino e mais delicado!

9. Seja gentil

O ponto onde sua textura natural encontra seu cabelo liso (é chamado de linha de demarcação) é a parte mais fraca do seu cabelo. Tome seu tempo quando você desembaraçar e modelar seu cabelo para evitar a quebra aqui.

10. Corte as pontas danificadas gradualmente

Dependendo do comprimento que você teve para começar, faça um bom corte a cada mês. Lembre-se de usar tesouras de cabelo e não tesouras comuns!

Lembre-se: essas dicas foram pensadas para nutrir seu cabelo naturalmente crespo, porque no final, é ISSO que você vai manter. Boa sorte e parabéns pela naturalidade! Nós estamos aqui para ajudar!