Desde o seu lançamento em outubro de 2010, o Instagram alcançou um sucesso notável no espaço de mídia social.

A aquisição da plataforma pelo Facebook em 2012 fez com que as taxas de usuários do Instagram aumentassem exponencialmente, para mais de um bilhão de usuários ativos diários até 2022.

A ascensão de “The Gram” ao estrelato social veio desua interface amigável e funcionalidade divertida. Não havia mais a necessidade de fazer login no Facebook e compartilhar uma postagem de foto, o Instagram permite fazer tudo dentro do aplicativo em apenas alguns cliques.

Milhões de nós gostam de compartilhar nossas histórias e imagens no IG todos os dias. É uma excelente maneira de manter contato com seus entes queridos, ficar de olho em suas celebridades favoritas e compartilhar os detalhes de sua vida por meio de uma plataforma visual.

Como descobrir senha do instagram

Usuários voltam a reclamar de falha no Instagram - SpaceMoney

O método “Brute-force” é o metodo mais eficiente descobrir senha do instagram de outra pessoa, O método “Brute-force” descreve uma técnica que usa software de cracking especializado para atingir seu objetivo de hackear sua conta.

Os métodos tradicionais de força bruta exigiam que os usuários carregassem um documento .txt contendo senhas usadas e atualizadas com frequência em seu navegador. O programa percorre a lista, tentando cada senha uma a uma até encontrar uma combinação de caracteres bem-sucedida.

Essas ferramentas de quebra de senhas eram populares até a introdução de caracteres especializados, geradores de senhas aleatórias e autenticação de dois fatores, reduzindo a eficiência do método de força bruta.

ferramenta de força bruta do instagram

Os desenvolvedores de software viram uma lacuna nesse mercado em declínio, e muitos deles agora lançam ferramentas de cracking para download gratuito. Um dos exemplos mais famosos deste software é o “ Insta-Ripper ” ( Site Oficial ).

Este programa contém uma lista interna de senhas que são atualizadas continuamente pelos desenvolvedores do aplicativo. O programa automatiza as tarefas de executar as senhas e quebrar a conta.

Outro recurso fantástico do aplicativo Insta-Ripper é sua operação furtiva. Ele automaticamente falsifica seu endereço IP, escondendo hackers dos olhares indiscretos dos ISPs. Os desenvolvedores lançam novos IPs de proxy a cada semana, mantendo a lista de endereços falsos atualizada.

O Insta-Ripper também limpa automaticamente os cookies do navegador padrão, depois que a ferramenta conclui suas tarefas operacionais. Esse recurso mantém suas ações encobertas, removendo quaisquer vestígios do aplicativo.

O tempo de quebra de senha depende de vários fatores, incluindo;

  • A velocidade da conexão com a internet.
  • CPU do dispositivo que executa o programa.
  • Força da senha.

A força da senha desempenha o papel mais significativo nesses três fatores. Se o usuário escolher caracteres especiais, como “#@$%?” pode levar mais tempo para o aplicativo quebrar a senha. No entanto, se a senha contiver apenas letras e números, você deverá ter acesso em apenas alguns minutos.

Quanto mais poderosa sua CPU, mais rápido o aplicativo é executado, movendo mais combinações de senha em menos tempo.

A velocidade da sua conexão com a Internet também desempenha um papel significativo na velocidade de craqueamento.

Como o aplicativo é voltado para o navegador, ele não requer o download de nenhum arquivo excessivamente grande. No entanto, a desvantagem dessa portabilidade é que ela depende da largura de banda para determinar a velocidade de operação do aplicativo.

Você pode executar o Insta-Ripper na maioria dos dispositivos móveis, incluindo smartphones, tablets e laptops. O software funciona com todos os sistemas operacionais, incluindo Windows, Android e iOS.

2. Usando o método de phishing

Todo mundo que pesquisou em fóruns de hackers ou artigos sobre como quebrar uma senha do Instagram encontrou o método de phishing. Os próprios hackers afirmam que esta é a maneira mais fácil de hackear uma conta.

Quando as pessoas pesquisam on-line informações sobre hackear uma conta, geralmente se deparam com phishing devido à sua taxa de sucesso e à prova social em torno da confiabilidade do método.

Os hackers simplesmente criam uma página de login falsa no Instagram e esperam que o usuário insira suas informações de conta e senha.

A página falsa registra os detalhes e os envia ao hacker em um arquivo de texto para facilitar o acesso. O hacker agora tem a senha da conta e pode entrar no perfil sempre que quiser.

Os hackers criam essa página de login falsa por meio de aplicativos especializados projetados para ajudar os usuários do Instagram a gerenciar suas contas com mais eficiência.

Na realidade, é um sistema de backdoor destinado a ajudá-lo a contornar os recursos de segurança do Instagram. Outra estratégia envolve enviar por e-mail o link para a página de login falsa diretamente ao usuário, esperando que ele insira seus detalhes.

Depois que um hacker tem acesso à sua senha do Instagram, é razoavelmente fácil para ele obter acesso a todas as suas outras contas de mídia social, incluindo Twitter e Facebook. O Facebook vincula-se ao Instagram e muitas pessoas usam a mesma senha para todas as suas plataformas sociais.

Os hackers monetizam esses dados e os vendem na dark web por um bom lucro. Em alguns casos, a vítima do hack nem saberá que um hacker comprometeu sua conta porque a página de login falsificada os leva diretamente ao seu perfil como se nada estivesse fora do comum.

Como os phishers do Instagram controlam as contas?
Os hackers usam dois métodos diferentes para controlar o perfil das vítimas ao obter acesso a uma conta do Instagram – modo Stealth e modo Owners .

Controle do modo furtivo
Quando os hackers penetram na segurança de um perfil do Instagram, eles não precisam alterar as senhas e bloqueá-lo necessariamente.

Alguns optam por se esconder nas sombras, monitorando sua atividade na plataforma e esperando o momento perfeito para atacar. Quando eles têm uma compreensão completa do seu comportamento no Instagram, eles podem implementar sua estratégia.

Alguns hackers optam por ficar no modo furtivo por meses ou anos, esperando que uma conta ganhe influência e seguidores. Quando eles sentem que é a hora certa, eles podem enviar DMs para seguidores direcionados, pedindo-lhes informações pessoais.

Os hackers usam essas informações pessoais para obter acesso às contas e dados da vítima. Esses dados podem ser usados ​​em hacks futuros ou atuam como uma mercadoria na dark web, onde eles os vendem para o maior lance.

O usuário pode não perceber essa atividade do hacker, pois o Instagram oferece a funcionalidade de excluir DM’s e capacidade de cancelar o envio de mensagens.

Modo Proprietários
Este modo de controle descreve a situação em que um hacker obtém acesso à sua conta e bloqueia você completamente.

Ao burlar os protocolos de segurança do Instagram, o hacker passa a alterar as informações de login e senha do usuário, impedindo-o de acessar seu perfil e tornando muito mais difícil para o verdadeiro proprietário recuperar o controle de sua conta.

Contas com um grande número de seguidores alcançam um preço alto na dark web ou fornecem a um hacker oportunidades infinitas para selecionar novas vítimas para hackear.

Como criar uma página de phishing no Instagram do zero

Como o phishing é um tópico tão popular para hackear qualquer tipo de senha de conta online, pensamos em fornecer tudo o que você precisa saber sobre esse método em um post. Para completar a página de phishing, você precisará;

  • Uma conexão com a internet.
  • Conta de hospedagem na web.
  • arquivo ig_login_page.rar . Faça o download em sua área de trabalho. Você vai precisar dele mais tarde.
    Para abrir este arquivo “.rar” use o software WinRar. Você pode baixá-lo aqui (site oficial).
    – A senha para abrir este arquivo é “securityequifax” (Sem aspas).

Depois de reunir tudo isso, é hora de começar a trabalhar. Siga este guia passo a passo para configurar uma página de login falsa do Instagram.

Passo 1 – Registre uma conta de hospedagem gratuita em www.000webhost.com . Você também pode usar algumas hospedagens pagas, se quiser – ainda melhor, porque as gratuitas podem ser banidas se o sistema detectar que você as está usando para phishing, o que é contra suas políticas de Termos de Serviço.

Importante: Ao escolher o nome do site durante o registro, escolha inteligente. Este será mais tarde o link do seu site que você enviará para as vítimas em potencial.
Eu escolhi “myigpage” para este propósito demonstrativo.

Passo 2 – Confirme seu endereço de e-mail. Seja paciente, pois o e-mail deles pode chegar com atraso. Eu esperei o meu cerca de 8 minutos.

Passo 3 – Você está pronto para começar a construir a página. Entre na sua conta e escolha “Upload Own Website”.
Carregar site de phishing

Passo 4 – Agora extraia o arquivo “ig-login-page.rar” que você baixou anteriormente em uma nova pasta vazia. Você deve ter 11 novos arquivos extraídos dele.

Passo 5 – Carregue esses 11 arquivos em seu novo site. Escolha a opção “Upload Files” no canto superior direito.

Passo 6 – Sua página de phishing deve estar pronta agora e funcionando. Verifique visitando o link que você criou no início (your-username.000webhostapp.com ) em uma nova guia do seu navegador de internet.

Quando você abre seu link, a página de login falsa do Instagram deve ser mostrada. Se você não pode ver, significa que você fez algo errado.

Passo 7 – Agora você precisa usar sua imaginação para enganar suas vítimas para fazer o login pelo seu link. Os truques que os hackers costumam usar é enviar e-mails falsos para suas vítimas dizendo algo como “Alguém tentou invadir sua conta. Faça login através deste link com uma senha válida para confirmar que é sua.” E por este link você coloca seu phishing.
Existem muitas técnicas para enganar suas vítimas. Basta ser criativo.

Passo 8 – Depois que alguém digitou seu nome de usuário e senha em sua página de login falsa do IG, você pode ver suas informações de login digitando /password.html no final do seu link em um navegador de URL e pressionando enter.

É assim que deve ser. Eu usei “Mike” como nome de usuário e “MikesPassword” como senha.
Senha de phishing

Seguindo esse método, você poderá configurar e usar uma página de phishing e analisar os resultados que ela traz para você.

3. Hackeie a senha de uma conta do Instagram com um Keylogger

Os aplicativos de software Keylogger estão aumentando em popularidade como um meio de burlar a segurança do Instagram e invadir uma conta protegida por senha. Aqui está uma breve revisão dos 2 principais keyloggers favoritos para 2022.

mSpy

O mSpy é talvez a ferramenta de espionagem de maior sucesso disponível online . Você precisará pagar uma taxa de assinatura para acessar a maioria dos recursos que permitem hackear uma conta do Instagram, mas a avaliação de demonstração gratuita permite;

  • Visualize informações gerais sobre o perfil.
  • Verifique a atividade em qualquer telefone celular.
  • Veja o último local conhecido e os dez contatos mais chamados.

Quando você paga sua taxa de assinatura, o serviço lhe dá acesso aos seguintes recursos;

  • Capacidade de visualizar todos os arquivos de mídia e links diretos enviados da conta de destino.
  • Capacidade de ver todos os DMs da conta de destino.
  • Capacidade de hackear a senha e o nome de usuário do Instagram.
  • Controle total sobre a conta alvo do Instagram.

O mSpy é um aplicativo construído com discrição em mente, tornando-o uma das escolhas mais populares para um Keylogger em praticamente qualquer plataforma., O programa funciona igualmente bem em contas do WhatsApp, Facebook, Snapchat e Twitter.

Depois de instalar o aplicativo em um dispositivo, você pode remover qualquer vestígio dele, ocultando-o da visão do usuário do dispositivo. O aplicativo continua funcionando em segundo plano e enviando os dados solicitados. Para acessar os recursos premium do aplicativo, você precisará comprar o pacote premium e fazer root no seu telefone iOS ou Android.

Como hackear a conta e a senha do Instagram com a ferramenta de software mSpy
Preferimos usar essas ferramentas Keylogger em vez da força bruta tradicional dos métodos de phishing. Os desenvolvedores passaram horas criando essas ferramentas eficientes para reduzir o tempo que você gasta invadindo uma conta. Portanto, é muito mais fácil usar um produto pré-criado do que tentar criar uma página de phishing ou adivinhar senhas.

Aqui está um guia passo a passo para usar o mSpy para hackear uma senha do Instagram.

Passo 1 – Faça root no seu dispositivo Android ou iOS – esta função só funciona com dispositivos rooteados.

Passo 2 – Compre a versão premium da ferramenta de software mSpy.

Passo 3 – Compre o pacote familiar para rastrear ou crackear até 3 dispositivos.

Passo 4 – Clique no link mSpy e escolha a configuração do iOS ou Android.

Passo 5 – Visite o painel de controle, selecione “Keylogger” ou “Instagram tracker”.

Passo 6 – Execute o programa e aguarde os resultados.

É importante entender a diferença entre as funções do Keylogger e do rastreador do Instagram. Keylogging permite gravar e acessar todas as teclas pressionadas no teclado do dispositivo. O programa vasculha essas informações e decifra a senha da conta do Instagram que você está direcionando.

O recurso de rastreamento do Instagram no mSpy dá acesso a todas as mensagens trocadas entre o perfil de destino e seu público.

Gostamos do mSpy por sua interface amigável e eficiência em quebrar senhas do Instagram. No entanto, achamos que a taxa de assinatura premium pode ser um pouco cara para este produto quando existem outros por aí oferecendo a mesma funcionalidade a um preço melhor.

XNSPY

Gostamos deste aplicativo por sua operação eficiente e tempo de resposta ágil. O XNSPY auxilia com todas as funções que você esperaria de uma ferramenta premium de hacking do Instagram. O

XNSPY também permite que os usuários invadam contas privadas, permitindo que você veja todas as suas postagens e histórias – sem seu conhecimento ou consentimento.

O XNSPY mantém um backup de todas as imagens nas contas de destino e opera como um aplicativo furtivo, sendo executado em segundo plano nos dispositivos móveis de outras pessoas.

A única coisa que não gostamos no XNSPY é que você precisa instalá-lo fisicamente no telefone da conta alvo. O usuário não poderá ver que os aplicativos estão em execução e não aparecerá na bandeja de aplicativos.

Aqui está um breve guia para usar o XNSPY para ver o Instagram de outra pessoa.

Acessando uma conta do Instagram usando o XNSPY

Passo 1 – Assine o Xnspy e instale-o no seu dispositivo e no dispositivo de destino.

Passo 2 – Os usuários da Apple podem configurar um backup do iCloud.

Etapa 3 – Aguarde 48 horas para que o aplicativo transfira os dados da conta de destino para o painel do XNSPY.

Passo 4 – Faça login em cp.xnspy.com e insira suas informações de login.

Passo 5 – Navegue até o painel.

Passo 6 – Visite “Fotos”.

Passo 7 – Clique em “pesquisar”.

Passo 8 – Selecione “Instagram”

Passo 9 – Selecione o período de tempo – ‘Hoje’, ‘Este mês’, ‘Este ano’ ou ‘Todos’.

Passo 10 – Clique em “pesquisar”.

O XNSPY não é um aplicativo completo como o mSpy, mas sua eficácia em ajudar pais preocupados a ficarem de olho na vida social de seus filhos. Para controlar a dor de uma conta, você precisará investir na versão premium do mSpy.

4. Hackeie uma conta adivinhando uma senha

Todos nós já ouvimos os avisos sobre a necessidade de alterar nossas senhas a cada trimestre e sempre usar uma senha gerada aleatoriamente para a melhor opção de segurança.

Dado esse fato, é surpreendente quantas pessoas ainda se recusam a adotar esse protocolo básico de segurança na Internet.

Uma empresa líder em segurança de software, SplashData, lança uma lista das 25 senhas mais comuns todos os anos. Se você estiver usando qualquer uma dessas senhas, sugerimos que você as altere imediatamente, pois você corre alto risco de exposição a um hack.

A SplashData estima que mais de 70% de todos os usuários online usaram uma dessas 25 senhas em algum momento de sua experiência online.

Top 25 senhas mais comuns de acordo com SplashData

  1. 123456
  2. Senha
  3. 12345678
  4. qwerty
  5. 12345
  6. 123456789
  7. Me deixar entrar
  8. 1234567
  9. futebol americano
  10. Eu amo Você
  11. administrador
  12. receber
  13. macaco
  14. Conecte-se
  15. abc123
  16. Guerra das Estrelas
  17. 123123
  18. Dragão
  19. senha0rd
  20. mestre
  21. olá
  22. liberdade
  23. qualquer que seja
  24. qazwsx
  25. trustno1

Se você está tentando hackear uma conta do Instagram e conhece bem a pessoa, tente usar a data de nascimento ou os nomes dos membros da família para a senha. Essas opções também são comuns entre mais de 60% de todos os usuários online.

5. Usando o RAT para hackear a senha do Instagram

RAT – uma abreviação de “Remote Administration Tool” ou popularmente chamado entre hackers “Remote Access Trojan” é uma versão aprimorada de um keylogger. O que isso significa?

Um RAT é uma ferramenta que possui um keylogger embutido, mas também muitos outros recursos!

Depois que o PC da vítima é infectado com RAT, um hacker pode manipular seu dispositivo sem seu conhecimento, como: poder ver tudo em suas pastas, executar arquivos e programas, monitorar pressionamentos de tecla, tirar screenshots das telas de suas vítimas, abrir janelas do navegador e qualquer coisa normalmente se pode fazer em seu computador.

Uma vítima é infectada com RAT executando arquivos suspeitos baixados da Internet de fontes não confiáveis, como torrents, arquivos de crack/patch para registrar jogos/software e outros.

Os hackers vinculam seus RATs a outros arquivos de aparência “legítima”, como imagens ou arquivos .mp3 ou similares.

Depois, eles tentarão enganar sua vítima para abri-lo de várias maneiras (mensagens de e-mail/fóruns warez/torrents/chats etc.) vinculando-o a outros arquivos que os usuários normalmente pesquisam. Após a execução do arquivo, um RAT se instalará silenciosamente no dispositivo da vítima, sendo executado oculto em segundo plano.

Onde baixar o RAT?
Antes de começar a procurar um, esteja ciente de que a maioria dos links de download do RAT que você pode encontrar gratuitamente para download estão infectados e vinculados a outros RAT que infectarão seu PC. Se você não tiver 100% de certeza de que um link está limpo, não faça o download.

Eu recomendo comprá-lo no site oficial de alguns desenvolvedores ou tentar encontrar alguns gratuitamente em fóruns relacionados a hackers. Mas SEMPRE procure os comentários dos usuários para ver se há algum relatório ou feedback negativo.

Lembre-se de que, se seu objetivo é hackear a conta do Instagram , 95% (provavelmente mais) dos usuários usam o Instagram a partir de seu smartphone. E você precisará de uma ferramenta de espionagem móvel moderna, não o RAT clássico, feito principalmente para computadores desktop.

Para obter o RAT para celulares , recomendamos que você use o mSpy

Se você preferir tentar com um PC desktop tipo RAT, você pode tentar procurar por alguns destes (RATs mais populares para uso em desktop): Blackshades, NanoCore, DarkComet, Poison Ivy .

6. Ao abrir o armazenamento de senhas salvas

Se você está com pouco orçamento no momento para comprar um keylogger, há outro truque que você pode usar para ver a senha do Instagram de alguém. Mas este método só funcionará se você tiver a chance de acesso físico ao smartphone alvo . Então do que se trata?

Os usuários de telefones iPhone e Android têm a opção de salvar senhas de contas dentro de seus telefones para evitar digitá-las sempre que quiserem fazer login em algum lugar. Caso eles não tenham protegido o acesso às suas senhas armazenadas com o ID de rosto/toque, você tem a chance de vê-los!

Para iPhone , vá para Configurações > Senhas e contas > Senhas de sites e aplicativos .

Para usuários do Android , vá para Configurações do Google> Senhas salvas > clique no link “Conta do Google”> Agora ele abrirá o navegador Google Chrome com todas as senhas salvas listadas dentro.

Ver senhas salvas em um navegador de desktop é muito mais fácil do que em dispositivos móveis.

No Chrome , no canto superior direito, clique no ícone de três pontos e depois em Configurações > Senhas .

No Mozilla Firefox , é o mesmo local do ícone, clique nele e vá para Logins e Senhas .