Como saber se meu celular foi clonado ou hackeado, saiba tudo neste  artigo  continue a ler  e verifique mais detalhes.

Todos nós nos preocupamos com a integridade do nosso smartphone.

 Com o passar dos anos e o aumento da penetração de dispositivos móveis, hackers e criminosos em geral dedicaram todos os seus esforços ao desenvolvimento de malware capaz de infectá-los para fins realmente variados, desde mineração de criptomoedas até roubo de contas de redes sociais.

 Nessa situação, é essencial saber identificar os fatores que podem indicar que nossa segurança foi comprometida e que nosso telefone foi invadido.

Como saber se meu celular foi clonado ou hackeado

unocero - Así puedes saber si tu teléfono ha sido hackeado, según experto

Como saber se meu celular foi clonado ou hackeado: pistas que podem ajudá-lo a saber se seu celular está sendo hackeado ou atacado neste momento. E é que, na maioria das situações desse tipo, o ataque acontece de costas para o usuário, sem que você perceba que o ataque está sendo realizado.

1. Funciona mais devagar

Se o desempenho do seu telefone estiver mais lento do que o normal, pode ser porque há um programa malicioso ou malware que está causando a lentidão.

Esse tipo de vírus pode afetar o desempenho do dispositivo, o que se refletiria na velocidade com que ele se conecta à rede.

Mas lembre-se de que isso também pode ser devido a certas atualizações no sistema operacional, como a Apple reconheceu recentemente.

2. Superaquecimento

Pode ser porque um aplicativo malicioso está sendo executado em segundo plano, explicam a empresa de tecnologia americana Intel.

3. A bateria acaba antes do esperado

O mesmo motivo que causa superaquecimento pode desencadear o desgaste da bateria.

É possível que esse efeito também se deva a uma atualização do sistema que afetou a bateria do telefone, mas se a mudança for muito drástica é sempre melhor levar isso em consideração, segundo o site Mobile Zone.

4. Você recebe e envia mensagens desconhecidas

É provável que seus amigos ou familiares percebam esse sinal antes de você, caso seja o seu aparelho que está enviando as mensagens, seja por SMS ou via WhatsApp.

Às vezes, são ofertas enganosas que são transmitidas na forma de vírus de um terminal para outro.O mesmo pode acontecer com e-mails.

O primeiro conselho a ter em mente: exclua-o o mais rápido possível e não clique em nenhum link.

5. Ventanas emergentes

Os chamados “pop-ups” geralmente são um sinal claro de que algo está errado.

“Assim como nos computadores, alguns malwares geram janelas pop-up que convidam você a realizar diferentes ações”, diz o especialista em segurança cibernética Joseph Steinberg.

“Se você vir ‘pop-ups’, esteja ciente disso.”

6. Compras e aplicativos suspeitos

De onde veio esse novo aplicativo que mostra a tela do seu telefone? Seu consumo de dados aumentou de forma suspeita este mês?

Também pode ter aumentado sua conta de telefone ou o número de mensagens de texto que você “enviou”.

“Embora o fabricante ou provedor de serviços possa estar autorizado a instalar aplicativos de tempos em tempos para atualizar o telefone, se novos aplicativos aparecerem repentinamente, é melhor garantir que sejam legais”, diz Steinberg.

O especialista recomenda pesquisar no Google o nome do aplicativo e verificar o que os usuários estão dizendo sobre ele.

O mesmo acontece se o consumo de dados cresceu inesperadamente: é melhor verificar.

Também pode acontecer que hackers usem seus dados para comprar todo tipo de coisa, por isso os especialistas recomendam ter controle sobre as transações que são feitas.

7. Aparência estranha e ruído de fundo

Se as páginas da web parecerem incomuns quando você navegar na internet, pode ser devido à ação de um hacker que está manipulando o dispositivo remotamente.

Esse motivo também pode explicar o comportamento incomum do sistema.

Finalmente, o ruído de fundo quando você faz uma chamada pode explicar que um terceiro está gravando. Se você ouvir bipes ou vozes, as chances de ser esse o caso são maiores.

Códigos para saber se meu celular foi hackeado

A seguir, forneceremos algumas combinações que ajudarão você a saber se seu celular está sendo intervencionado por terceiros. São códigos que a Associação de Usuários da Internet compartilhou, para que possam ser usados ​​com segurança.

##002# . É um código universal que desabilita o encaminhamento de chamadas. Com ele, os redirecionamentos do seu telefone serão desativados instantaneamente.

*#62# . Se nossos contatos nos informarem que nosso número está fora de serviço ou simplesmente não responde, devemos verificar com este código. Ao verificá-lo, ele nos informará para onde as chamadas, mensagens e dados estão sendo redirecionados.

*#21# . Muito parecido com o anterior, ele nos informa se nossas chamadas estão sendo encaminhadas para outro número com uma diferença: mostra uma pequena tela onde é indicado por texto se algum serviço está realmente sendo encaminhado.

Lembramos que também pode ser útil saber seu IMEI em caso de perda ou roubo, pois pode ajudá-lo a localizar seu celular. Para fazer isso você deve usar o código *#06# .

Uma solução para remover o hack é restaurar o telefone para as configurações de fábrica. Todos os dados armazenados nele, incluindo aplicativos e informações relacionadas a vírus que foram usados ​​para hackear o dispositivo, serão excluídos. Difícil, mas eficaz.

Muitas vezes não tomamos as medidas necessárias para proteger nossos smartphones, por desconhecimento ou até porque acreditamos que isso não acontecerá conosco. Não é tão difícil manter a segurança do nosso celular. Em nosso blog você tem alguns posts que vão te ajudar a proteger seu aparelho, como Segurança no seu aparelho celular .