Como saber se meu celular foi hackeado, saiba tudo neste  artigo  continue a ler  e verifique mais detalhes.

A invasão de telefones pode comprometer sua identidade e privacidade sem o seu conhecimento. Os fraudadores trabalham incansavelmente para refinar os métodos de hackers, tornando-os cada vez mais difíceis de detectar. 

Isso significa que o usuário médio pode perder qualquer número de ataques cibernéticos. Felizmente, você pode acompanhar os novos truques de hackers para saber como se proteger.

Os smartphones reuniram todas as nossas contas e dados privados em um local conveniente, tornando nossos telefones alvos perfeitos para um hacker.

Como saber se meu celular foi hackeado

Cómo saber si te han hackeado el móvil y qué hacer para evitarlo - AS.com

Como saber se meu celular foi hackeado: veja pistas que podem ajudá-lo a saber se seu celular está sendo hackeado ou atacado neste momento. E é que, na maioria das situações desse tipo, o ataque acontece de costas para o usuário, sem que você perceba que o ataque está sendo realizado.

Está muito quente (mais do que o normal)

CPU Android

O malware geralmente é executado constantemente em segundo plano , também fazendo com que o processador funcione na velocidade máxima. Isso faz com que o dispositivo superaqueça e pode ser um bom indicador de que algo está errado.

 Se o seu smartphone não costuma esquentar e começou a esquentar repentinamente ou depois de instalar um aplicativo de fontes suspeitas, é possível que você tenha sido hackeado. Desinstale esse aplicativo o mais rápido possível.

Funciona pior e usa mais bateria

Este primeiro indicador nos leva ao segundo ponto. O superaquecimento e o uso excessivo dos recursos do terminal gerarão redução no desempenho e aumento no consumo da bateria

Se esses três pontos forem cumpridos, é mais do que evidente que algo está errado e que sua segurança pode ter sido comprometida.

Você recebe mensagens suspeitas de serviços que não conhece

mensagens android

A grande maioria dos malwares para Android funciona pegando seu número de celular e assinando serviços premium (como horóscopos, por exemplo) sem permissão. Se você está recebendo muitas mensagens de serviços que não conhece e aos quais não se inscreveu, além de ter malware, receberá uma fatura muito alta no final do mês .

Também é possível que você esteja enviando mensagens para seus contatos sem saber. Se um amigo lhe disser que você enviou algo estranho ou postou atualizações em suas redes sociais sem saber, ou você tem um aplicativo conectado que está desatualizado ou você está infectado.

Anúncios e pop-ups aparecem onde não deveriam

Se você estiver recebendo notificações de publicidade ou anúncios ao desbloquear seu telefone , não hesite, eles têm adware instalado e está se aproveitando de você. 

A solução é desinstalar o aplicativo em que ele está hospedado, que geralmente são aplicativos para adultos, aplicativos de lanterna, utilitários e, claro, otimizadores de RAM.

Você tem aplicativos que não instalou

Aplicativos de lanterna no Google Play

Existe um aplicativo na sua área de trabalho que chegou lá com um estrondo? Se você não o instalou, é possível que algum malware esteja fazendo o seu trabalho . Tal como acontece com os outros indicadores, o aplicativo que está fazendo isso pode ser um que você instalou recentemente de fontes desconhecidas.

Esses cinco pontos são apenas indicadores . Não quer dizer que se o seu celular estiver quente significa que está hackeado, pois vai depender muito dos aplicativos que você usa e da bengala que você dá ao seu celular.

 Você só precisa prestar atenção aos detalhes e ligar os pontos. Se você instalou algo recentemente e, desde então, seu celular não se comporta como antes, é certo que esse aplicativo infectado está pregando peças em você. 

Lembre-se: bom senso acima de tudo. Caso você sofra algum desses problemas em seu celular, mas não saiba a causa, você pode realizar alguns testes simples para descobrir se, de fato, o aparelho foi hackeado.

3 códigos para saber foi Hackeado

Com essas combinações de números você poderá saber se seu celular foi hackeado

Primer código

##002#

O primeiro deles é um código universal, para que serve? Com ele será possível desativar todo o encaminhamento de chamadas. Ou seja, os redirecionamentos de celular serão desativados instantaneamente.

Google paga 2 milhões de dólares pela sua segurança

Por isso, se você acha que suas chamadas podem estar sendo redirecionadas para outros receptores que não são os reais, disque o código no telefone e cuide-se bem. Já que, como dizem, é melhor prevenir do que remediar, e não custa nada digitar o código, é questão de segundos.

Segundo código

*#62#

O que é *#62#? É outro código bastante interessante que podemos usar a qualquer momento. Se a qualquer momento nossos amigos ou familiares nos informarem que nosso número está fora de serviço ou simplesmente não responde, devemos verificar com este código.

Segurança

O motivo? Muito simples, ao discá-lo, ele nos informará para onde todas essas chamadas, mensagens e dados estão sendo redirecionados. Será necessário verificar se o número para o qual tudo está a ser reencaminhado é da nossa própria empresa, caso contrário, é melhor agir imediatamente , recorrendo à companhia telefónica.

Tercer código

*#21#

Poderíamos dizer que este código é muito semelhante ao anterior, pois como o *#62# também indicará se nossas chamadas, mensagens, dados, até mesmo o fax estão sendo interceptados ou desviados para outro número, mas tem um importante diferença.

android codigos seguridad

Na anterior, indicava o número para o qual os dados são redirecionados, que na maioria dos casos geralmente corresponde ao número da própria operadora de telefonia. Porém, este *#21# mostra uma pequena tela onde é indicado por texto se algum serviço está realmente sendo desviado , muito útil.

Além disso, você também pode estar interessado em saber o número IMEI do dispositivo em caso de perda ou roubo, pois isso pode ajudá-lo a localizar seu celular . Para fazer isso você deve usar o código * #06# .

Acho que meu celular foi hackeado, como faço para corrigir isso?

Móvil hackeado

Se você já realizou todos os testes anteriores para verificar se seu celular foi hackeado e realmente encontrou algo estranho, temo que tudo o que resta é tentar resolver o problema e ter mais cuidado na próxima vez. Agora, como você conserta um celular hackeado? Existem várias maneiras diferentes que podem erradicar problemas.

Identifique e remova o aplicativo que está causando os problemas

Logicamente, o primeiro passo para consertar um celular hackeado é remover o software que está causando os problemas. 

Há algum tempo falávamos de um aplicativo que, se passando por um “otimizador de bateria” , era capaz de roubar até 1.000 euros dos usuários toda vez que o aplicativo do PayPal era lançado. 

Nesse caso, a raiz do problema é o próprio aplicativo de otimização, e não o do PayPal. Portanto, neste caso, será necessário desinstalar e excluir todos os dados do aplicativo malicioso em questão.

Felizmente, o Google Play Protect é capaz de identificar rapidamente todos os aplicativos que podem causar qualquer tipo de dano ao nosso dispositivo, por isso deve ser fácil saber qual desinstalar para evitar que os problemas se tornem mais graves.

Atualize o software do seu telefone

Movil hackeado

No início de cada mês, o Google publica o Android Security Bulletin, que lista algumas das falhas de segurança descobertas no sistema operacional e no software dos parceiros da empresa. Junto com ele, é lançada a atualização mensal de segurança do Android , que é posteriormente implantada para que os dispositivos fiquem imunes a essas brechas de segurança.

É por isso que é uma má ideia não atualizar o celular mesmo que haja novas versões disponíveis, pois esse tipo de patch de segurança pode acabar com os problemas de um celular hackeado resolvendo as vulnerabilidades descobertas pelos especialistas em segurança do Google.

Se nada funcionar: redefina seu telefone para as configurações de fábrica

A solução mais definitiva é, por sua vez, a mais eficaz . Se nenhum dos procedimentos acima funcionar, é melhor realizar uma reinicialização a frio ou restaurar o dispositivo para as configurações de fábrica. 

Todos os dados armazenados nele serão excluídos – o que não deve ser um problema se você tiver um backup completo – incluindo aplicativos e informações relacionadas a vírus usadas para hackear o dispositivo.

Este processo é realizado diretamente nas configurações do sistema, em Configurações > Sistema > Opções de recuperação > Apagar todos os dados . Depois de concluído, o celular ficará como novo e livre de malware.