A fita de silicone para cicatriz surgiu como uma solução para quem sofre com queloide ou cicatriz hipertrófica.

Pois ela promete inibir a cicatrização da pele, evitando que ela evolua para uma marca mais alta e visível. Sim, aquela marquinha que temos medo de mostrar para as pessoas porque algumas podem julgar ou achar feio.

Mas será que esse curativo de silicone para queloide realmente funciona? Será que essa não é só mais uma jogada de marketing?

Fita de silicone para cicatriz antes e depois

Fita de silicone para cicatriz antes e depois
Fita de silicone para cicatriz antes e depois

A fita de silicone para cicatriz é um curativo que visa melhorar a aparência da cicatrização pós-cirúrgica, evitando que fique em alto relevo.

A placa mecânica presente na fita, inibe o desenvolvimento de cicatrizes exageradas, como queloide e hipertrófica. E mais.

Por ser feita com silicone das próteses mamárias, a placa de silicone para cicatriz não causa mal para a pele.

O adesivo de silicone para cicatriz é indicado para queloide e cicatriz hipertrófica.Mas o medo de desenvolver queloide era grande… até que uma amiga falou sobre a fita de silicone para cicatriz.

O objetivo do adesivo de silicone para cicatriz é evitar que a pele forme queloide ou cicatriz hipertrófica. É comum ver mulheres procurando a fita apenas com objetivos de:

  • Clarear a cicatriz
  • Diminuir a marca
  • Acelerar a cicatrização

Porém a fita de silicone não deve ser usada levianamente. E, principalmente, não deve ser usada sem indicação médica.

Fita de silicone para queloide e cicatriz hipertrófica

A fita de silicone tem um sistema próprio para queloide e cicatriz hipertrófica. Além de hidratar e promover a recuperação da cicatriz.

O adesivo de silicone possui uma barreira mecânica que inibe e dificulta a formação do alto relevo na pele, evitando, desse modo, que a cicatriz saia para fora, formando o queloide e hipertrófica. Entenda melhor.

O que é o queloide?

Quando a pele sofre algum corte, o organismo produz colágeno para criar uma nova camada de pele para cobri-lo.

No entanto, se o organismo produz colágeno de forma exagerada, ele gera uma cicatriz em alto relevo, que continua crescendo. Esse é o queloide.

fita de silicone para queloide
A cicatriz da queloide fica em alto relevo na pele.

O queloide é uma tendência genética, impossível de ser prevista, tanto pela paciente quanto pelo médico.

Portanto, se em algum momento você teve queloide – quando colocou algum piercing, por exemplo – saiba que você tem tendência a ter queloide em outros momentos também.

Quer entender melhor o que é o queloide? Se você já teve? Acesse aqui e confira tudo que você precisa saber sobre o queloide.

A placa de silicone para queloide surge exatamente para impedir essa produção excessiva de colágeno.

Portanto, se a paciente tem tendência a desenvolver uma cicatriz mais proeminente, ela deve conversar com o médico antes, para que ele possa indicar a fita de silicone para queloide.

Porém, é preciso saber.

A fita de silicone da queloide pode impedir a cicatriz de evoluir, porém não é uma garantia.

Cicatriz hipertrófica

Assim como o queloide, a cicatriz hipertrófica é uma cicatrização excessiva, que deixa o relevo na pele mais proeminente. No entanto, além dela não ultrapassar a marca da cicatriz como o queloide, nem sempre é causada por fatores genéticos.

fita silicone cicatriz hipertrofica
Cicatriz hipertrófica.

Geralmente, a cicatriz hipertrófica é gerada por um corte traumático, decorrente de um acidente, corte ou piercing.

O nosso corpo possui “linhas de tensão”. Elas mostram a orientação das fibras de colágeno que promovem as cicatrizações.

Portanto, todo cirurgião vai fazer o corte de acordo com as linhas de tensão da pele, para que o corpo possa se recuperar mais rápido e sem problemas.

Quando usar fita de silicone para cicatrizes?

A fita de silicone para cicatrizes deve ser usada após a cicatrização completa do corte, que geralmente acontece após duas semanas de cirurgia. Porém isso vai depender de outro fator: a indicação médica.

fita silicone cicatrizes
A paciente NÃO deve usar o adesivo de silicone por conta própria!

Só pode usar a fita de silicone para cicatriz após recomendação do seu cirurgião, pois existe um tempo certo para usar a fita.

Em cirurgias plásticas, como abdominoplastia e mamoplastia, por exemplo, é indicado o uso do curativo de silicone após 14 dias de cirurgia.

Antes de duas semanas de pós-operatório o corte ainda estará aberto. Portanto, usar a fita nesse momento vai apenas atrasar a cicatrização e, em alguns casos, dificultar que ocorra.

O certo é usar a fita após a cicatrização da lesão.

A pele não pode estar com inflamação e irritação. No máximo, é permitido pomada. Mas, apenas se o médico recomendar.

E mais!

As fitas de silicone para cicatrizes devem ser usadas para evitar queloide e cicatriz hipertrófica. Ou para o tratamento de cicatrizes causadas por feridas mais comuns, como traumas, cortes e queimaduras.

Quando NÃO usar fita de silicone para cicatrizes?

A fita de silicone para cicatrizes não deve ser usada:

  • Com objetivo de melhorar a cicatriz da pele;
  • Para deixar a cicatriz mais fina ou clara;
  • Com objetivo de acelerar o processo de cicatrização;
  • Para casos mais avançados de queloide.
curativo silicone cicatriz
A fita cirúrgica de silicone não resolve todos os problemas com cicatrizações.

Portanto, mulheres que procuram a fita com esses objetivos não vão encontrar o resultado esperado. Porque as indicações para usar a fita de silicone não são essas.

Primeiro, a fita de silicone para cicatriz não vai clarear a pele.

No máximo ela pode evitar que a marca escureça. Mas isso ocorre porque ela está protegendo o local da exposição solar. E é possível ter o mesmo resultado apenas cobrindo a cicatriz ou passando protetor solar.

Segundo, o adesivo de silicone NÃO vai diminuir a cicatriz.

O tamanho da cicatriz será do tamanho do corte. O que a fita pode fazer é evitar que ele aumente o tamanho, ou seja, que se torne uma cicatriz hipertrófica ou queloide.

E, por fim, não acredite quando disserem que a fita vai acelerar a cicatrização. Esse é um processo biológico de cada organismo. A cicatrização vai ter o seu próprio tempo.

Já para casos de cicatrizes mais antigas, que já estão estabelecidas, e para casos de queloide mais avançados, a placa de silicone para cicatriz não vai resolver.

Isso porque, o mecanismo da fita é capaz apenas de barrar a formação de queloide. Portanto, uma vez que o queloide já esteja estabelecido, a placa não vai mais surtir efeito sobre ele.

Neste caso, é preciso fazer outro tratamento…