Veja abaixo na nossa lista O que é pecado dentro do casamento, em nosso guia completo.

Mas essa questão do ‘ amor cego ‘ pode se tornar uma triste realidade à qual os lares cristãos não estão imunes. Tal realidade dolorosa ocorre quando uma das partes do casamento se recusa a ver o pecado na outra, sob o pretexto de amá-la, e apesar de o pecado observado ser algo persistente e/ou evidente; 

Em outros casos, a realidade do – amor cego – ocorre quando uma das partes começa a tolerar o pecado da outra, acostumando-se a aceitar tal comportamento pecaminoso supostamente como parte da ‘ personalidade ‘ da outra pessoa.

O que é pecado dentro do casamento

See the source image

Se você é culpado de um pecado grave em seu relacionamento, é hora de mudar; Se você não cometeu nenhum, não fique tentado.

Veja abaixo O que é pecado dentro do casamento:

  1. Luxúria. É caracterizada por pensamentos excessivos de natureza sexual ou desejo sexual incontrolável e doentio. Muito desse tipo de vício pode destruir seu relacionamento. Os relacionamentos sexuais são saudáveis ​​e importantes no casamento, portanto, certifique-se de que seu parceiro esteja totalmente satisfeito e não se sinta tentado a buscar satisfação em outro lugar.
  2. Preguiça. Está ligado à indiferença. Você não deve tratar seu parceiro com essa atitude. Quando (ele ou ela) quiser dizer algo para você, dê a devida atenção e descubra como realmente se sente. Evite atividades que são só para você.
  3. Gula. A gula e a embriaguez são o consumo desnecessário ou excessivo de alimentos e substâncias nocivas. Seu companheiro, que a ama, sofrerá horas intermináveis ​​de solidão e desespero, incapaz de lutar contra um vício que parece invencível.
  4. Raiva. Também é conhecido como raiva ou ódio. Seja paciente com seu parceiro, esteja ciente de que todos cometem erros. Respire fundo e reserve alguns minutos para esfriar a cabeça quando algo o irritar. Pense bem antes de falar e nunca use violência contra seu parceiro. Lembre-se de que pode ser físico, verbal ou emocional.
  5. Inveja. Essa emoção é prejudicial e é alimentada aos poucos. Em seu relacionamento, você nunca deve menosprezar seu parceiro, trate-o bem. Você deve tentar fazê-la feliz. Se você se sentir triste por qualquer motivo, não o arraste para o abismo. Fique feliz com suas realizações, mesmo que isso signifique que você ficará fora dos holofotes por um momento.
  6. Ganância. Se for a única renda da família, não pense que todo o dinheiro é seu e que só você pode administrá-lo e gastá-lo. Se vocês dois trabalham, não acompanhe os benefícios individuais, contribua igualmente; pelo contrário, aproveite os frutos do seu trabalho.
  7. Orgulho. É a mãe de todos os pecados. No casamento, essa atitude se torna uma arma mortal. Um relacionamento em que nenhum ou apenas um deles é humilde o suficiente para pedir perdão certamente não tornará um lar feliz.