Quando a palavra “reciprocidade” é mencionada, quase todo mundo tem uma ideia do que isso significa. A reciprocidade é o ato de troca para benefício mútuo. Para explicar melhor, significa trocar coisas com alguém ou um grupo de pessoas para obter algo em troca.

A reciprocidade existe ao nosso redor, e seria interessante mencionar que, mesmo nos relacionamentos, você encontrará reciprocidade no jogo ou na necessidade.

Neste guia, explicamos extensivamente o que significa reciprocidade e tudo o que um relacionamento recíproco implica.

O que é reciprocidade no relacionamento

O que é reciprocidade no relacionamento
O que é reciprocidade no relacionamento

O que é reciprocidade no relacionamento, reciprocidade é a prática de trocar coisas com outros para benefício mútuo, especialmente privilégios concedidos por um país ou organização a outro. “Reciprocidade refere-se à troca de recursos entre as pessoas”,

A Importância da Reciprocidade nos Relacionamentos

A reciprocidade emocional saudável é um fator crítico em qualquer relacionamento comprometido – romântico ou não – porque é um indicador-chave de amor e apoio. Numa relação de reciprocidade saudável, cada indivíduo sente que dá e recebe energia;

Esse sentimento de troca mútua fortalece o relacionamento em geral. Por outro lado, a falta de reciprocidade pode criar um relacionamento doentio, onde um dos parceiros experimenta o esgotamento ou se sente usado ou não amado.

3 Tipos de Reciprocidade nos Relacionamentos

Existem três tipos de reciprocidade nos relacionamentos.

1. Reciprocidade equilibrada: Uma forma situacional de reciprocidade, a reciprocidade equilibrada é o ato de dar algo e esperar um resultado específico (e aproximadamente equivalente) em troca como reembolso.

Por exemplo, você pode dar um presente de aniversário esperando um em troca no seu aniversário.

2. Reciprocidade generalizada: Como o altruísmo, a reciprocidade generalizada é dar livremente sem esperar nada específico em troca além da boa vontade geral. A reciprocidade generalizada abriga um senso de respeito mútuo e conexão.

Esses relacionamentos recíprocos são comuns com pessoas que você ama e confia profundamente, incluindo amigos, familiares, parceiros românticos e outros entes queridos.

3. Reciprocidade negativa: A forma menos equitativa de reciprocidade, a reciprocidade negativa é o ato de dar minimamente apenas para receber algo (geralmente de maior valor) em troca. Não tem lugar em relacionamentos românticos saudáveis.

Como praticar a reciprocidade nos relacionamentos

Experimente estas dicas para promover um relacionamento recíproco saudável:

1. Incentive a comunicação aberta. A comunicação saudável é a base de qualquer relacionamento, seja romântico ou platônico.

Também é uma ótima maneira de garantir que sua conexão permaneça recíproca. Pratique a escuta ativa e confirme que cada pessoa no relacionamento se sente feliz com a troca de energia e apoio.

2. Lembre-se de levar. Às vezes você também precisa de apoio. Evite uma situação não recíproca tomando além de dar. A interdependência saudável é importante em um relacionamento.

3. Adaptar a reciprocidade a cada indivíduo. Terapeutas de relacionamento falam sobre reciprocidade em termos de diferentes linguagens de amor.

Se você gosta de receber presentes e seu parceiro ou parceiros gostam de receber palavras de afirmação, certifique-se de adaptar seu apoio à linguagem de amor deles e não à sua.

4. Pense a longo prazo em vez de julgar um único momento. Em qualquer situação, haverá alguém que está dando energia e alguém que está recebendo energia. Evite focar nesses momentos específicos para julgar se há um desequilíbrio em seu relacionamento íntimo.

Em vez disso, diminua o zoom e pense no quadro geral. Considere as tendências por períodos mais longos e decida se cada pessoa no relacionamento apoia o bem-estar de seu parceiro ou parceiros.

Dicas para navegar na reciprocidade

Em muitos casos, a norma de reciprocidade é realmente uma coisa boa. Ajuda as pessoas a se comportarem de maneira socialmente aceitável e permite que elas se envolvam em uma troca social com os outros. 

Mas o que você deve fazer se estiver tentando superar o desejo de retribuir, como tentar evitar a necessidade de comprar um item depois de receber um brinde?

Algumas dicas que podem ajudar:

  • Dê um tempo. Especialistas sugerem que o desejo de retribuir é mais forte imediatamente após a troca inicial. 5 Se você puder esperar, provavelmente sentirá menos pressão para retribuir o favor.
  • Avalie a troca. Pense se o favor corresponde ao retorno esperado. Em muitos casos, o presente ou favor inicial é muito menor do que o favor de retorno solicitado.

Compreender como a norma de reciprocidade influencia o comportamento pode ajudá-lo a avaliar melhor as mensagens e solicitações persuasivas.