Perda de controle sobre o corpo, tontura, respiração rápida, até mesmo uma sensação de asfixia. Saber por que isso acontece e como gerenciá-lo ajuda a superar esses episódios.

Se você nunca sofreu uma crise de ansiedadena primeira vez que isso acontece você pode até sentir medo por sua vida. Parece que a qualquer momento você vai cair no chão, mas na realidade é “apenas” um estado de angústia descontrolada.

Eles não são fatais, mas podem afetar a qualidade de vida se ocorrerem com frequência (nesse caso, deve-se procurar ajuda profissional). Saber identificar o transtorno é essencial para recuperar a calma e superar o momento.

O que fazer quando tem crise de ansiedade

O que fazer quando tem crise de ansiedade
O que fazer quando tem crise de ansiedade

Saiba o que fazer quando tem crise de ansiedade, veja estas estratégias podem ajudá-lo a controlar o ataque de ansiedade:

1. Aceite as sensações e não se distraia. A melhor maneira de lidar com ataques de pânico é aceitar as sensações físicas que você está experimentando. Trata-se de ter consciência de que eles passarão em algum momento, deixá-los diminuir de intensidade e senti-los sem pensar que algo ruim vai acontecer.

2. Controle de ativação. Sua respiração pode acelerar ou você pode sentir falta de ar. Tente respirar profundamente, respirando lentamente, trazendo-o para a barriga, segurando-o por alguns segundos e soltando-o lentamente.

Caso a ansiedade seja tão intensa que você sinta que não é capaz de enfrentá-la , você pode usar as seguintes técnicas:

1. Encontre um espaço tranquilo. Se você conseguir sair do lugar onde está, respirar um pouco e acalmar seu corpo, então você pode voltar depois que acabar. Se você não puder sair fisicamente do local, tente visualizar um espaço onde você se sinta melhor (seu local de férias favorito, por exemplo).

2. Concentre-se em estímulos externos. Quando você tem um ataque de pânico, fica muito focado nas sensações físicas que está tendo. Tente se concentrar no que você vê, ouve, toca, prova ou cheira. Se você for com uma pessoa, concentre-se na conversa. Pode ajudá-lo a prestar atenção ao que o cerca, ao que está fora de você e, assim, reduzir os sintomas físicos.

Como mencionamos anteriormente, essas estratégias não são a solução a longo prazo, embora sejam úteis para superar a bebida ruim do pânico em momentos específicos.

Após ataque de pânico

1. Faça alguma atividade legal. Você pode se sentir exausto após o episódio. É normal, seu corpo reagiu como se você tivesse que lutar ou fugir. Você gastou muita energia. Faça alguma atividade que lhe permita se desconectar de todas as sensações que sentiu naquele momento (assistir sua série favorita, ouvir música…).

2. Respire fundo. Recupera o estado normal de ativação do corpo permitindo que ele relaxe depois de tanto estresse.

3. Compartilhe sua experiência com alguém de sua confiança. Diga a ele e explique como ele poderia ajudá-lo nessa situação, o que poderia fazer você se sentir melhor.

4. Recupere sua força. Pense no que seu corpo precisa naquele momento, seja descansar devido ao esforço, beber ou comer algo para repor.

Estratégias para controlar a ansiedade em geral

1. O exercício físico é um método eficaz para reduzir a ansiedade. Procure manter uma atividade aeróbica diária de pelo menos 30 minutos (caminhada, corrida, natação, dança…).

2. As técnicas de relaxamento permitem fortalecer e consolidar a resposta oposta à ansiedade. Permite que o corpo relaxe e os músculos relaxem. As técnicas de relaxamento incluem relaxamento progressivo e respiração diafragmática.

3. Mantenha hábitos de sono saudáveis. Durma bastante horas, pois dormir poucas horas ou de má qualidade piora a ansiedade.

4. Faça atividades com seus amigos ou outras pessoas que permitam que você se sinta melhor. É importante que você mantenha atividades de lazer com outras pessoas e não se isole por ansiedade, evitando essas situações.