Pílula Do Dia Seguinte Funciona No Período Fértil, saiba tudo neste  artigo  continue a ler  e verifique mais detalhes.

A pílula do dia seguinte é um método contraceptivo de emergência que pode ser usado após uma relação sexual em que o método contraceptivo habitual falhou, como acontece mais frequentemente no caso do preservativo, ou quando o método é esquecido, como acontece no caso da pílula anticoncepcional.

Pílula Do Dia Seguinte Funciona No Período Fértil

Pílula Do Dia Seguinte Funciona No Período Fértil

A pílula do dia seguinte pode ser comprada nas farmácias e não necessitam de receita médica. Veja abaixo Pílula Do Dia Seguinte Funciona No Período Fértil:

A pílula do dia seguinte tem efeito em todos os dias do mês, no entanto, esse efeito pode ser menor durante o período fértil, especialmente se já ocorreu ovulação antes de se tomar o comprimido.

Isto acontece porque a pílula do dia seguinte atua inibindo ou atrasando a ovulação e, se ela já tiver ocorrido, a pílula já não vai exercer esse efeito.

No entanto, a pílula do dia seguinte também dificulta a passagem do óvulo e do espermatozoide pelas tubas uterinas e dificulta a penetração do espermatozoide no muco cervical, podendo, em alguns casos, impedir a gravidez por este mecanismo.

A pílula do dia seguinte só é eficaz se a ovulação não ocorreu durante os primeiros dias do período fértil. Se a ovulação já ocorreu e há o contacto íntimo, é muito provável que ocorra a gravidez.

Dúvidas comuns sobre a pílula do dia seguinte

1. Como saber se a pílula do dia seguinte funcionou?

Para saber se a pílula do dia seguinte funcionou, a menstruação deve descer na data prevista, com um atraso não superior a 7 dias.

Caso isso não aconteça, é recomendado a realização de um teste de gravidez, de farmácia ou de sangue, para descartar uma possível gravidez e confirmar que o atraso da menstruação é devido a um efeito colateral da pílula do dia seguinte.

2. Posso engravidar mesmo tomando a pílula do dia seguinte?

Apesar de ser indicada para evitar a gravidez indesejada, a pílula do dia seguinte não é 100% eficaz se for tomada após 72 horas da relação sexual. Mas quando ela é tomada no mesmo dia, é pouco provável que a mulher engravide, no entanto, existe essa possibilidade.

O mais sensato é esperar alguns dias até a vinda da menstruação, e em caso de atraso pode-se fazer um teste de gravidez que se compra na farmácia.

3. Quando a menstruação chega depois de ter tomado a pílula?

Um dos efeitos secundários frequentes da pílula do dia seguinte é atrasar a menstruação, que poderá iniciar de 5 a 7 dias depois da data esperada.

4. Qual a eficácia da pílula do dia seguinte?

De acordo com um estudo desenvolvido em 2011, uma única dose de 1,5 miligramas de levonorgestrel, tomada dentro das 72 horas após a relação sexual desprotegida, evita cerca de 84% das gestações.

5. O que acontece se 2 ou 3 pílulas do dia seguinte forem tomadas em 1 mês?

Caso seja tomada mais de uma pílula do dia de seguinte no mês, é possível haver perda do seu efeito contraceptivo.

Além disso, é importante destacar que essa pílula só deve ser utilizada de forma esporádica, ou no máximo 1 vez por mês, pois contém uma dose muito alta de hormônios, podendo causar irregularidades no ciclo menstrual e, por isso, só está indicada para situações de emergência e não como um método contraceptivo frequente.

Caso seja utilizada mais de 2 vezes no mês, a pílula do dia seguinte pode aumentar o risco do surgimento de doenças como trombose, embolia pulmonar, câncer de mama e câncer de útero.

6. Quais são os efeitos secundários da pílula do dia seguinte na menstruação?

Um dos efeitos colaterais da pílula do dia seguinte é a alteração da menstruação.

Assim, após tomar a pílula, a menstruação poderá ocorrer até 10 dias antes ou depois da data esperada, mas na maior parte dos casos, a menstruação ocorre na data esperada com uma variação de cerca de 3 dias para mais ou para menos. No entanto, caso o atraso se mantenha, pode-se fazer um teste de gravidez.