Qual a importância da agua para os seres vivos, saiba tudo neste  artigo  continue a ler  e verifique mais detalhes.

A água é um dos recursos mais presentes nos seres vivos. Não se trata apenas da necessidade de beber, de se hidratar, mas sim de que a água regula os ecossistemas terrestres , mantendo o equilíbrio necessário para a subsistência animal e vegetal.

 Entre suas funções, destaca-se como um verdadeiro regulador climático natural. Sem a água , essa estabilidade seria enfraquecida.

Qual a importância da agua para os seres vivos

La importancia del agua para la vida - Tomás Moro

Por sua vez, garante a sobrevivência de todas as espécies animais e vegetais que habitam o nosso planeta. Veja abaixo Qual a importância da agua para os seres vivos:

A importância da água para o ser humano é evidente, pois a percentagem de água em nosso corpo chega a quase dois terços. Está presente nos tecidos do corpo e órgãos vitais. É um elemento fundamental para os processos vitais do corpo. Sem água potável não poderíamos sobreviver além de três ou quatro dias.

A água é essencial para o desenvolvimento de processos orgânicos como a digestão, bem como na absorção e eliminação de resíduos. Além disso, estrutura o sistema circulatório e distribui nutrientes por todo o corpo através do sangue. 

Outros principais benefícios da água para o nosso corpo são: mantém a temperatura corporal eliminando o excesso de calor com sua saída na forma de transpiração e vapor pela pele, alivia a fadiga, previne dores de cabeça ou reduz o risco de problemas cardíacos.

Por outro lado, vemos a importância da água através das atividades realizadas pelo ser humano. Principalmente porque 70% é destinado à agricultura, 15% à indústria e os outros 15% ao uso doméstico.

O ciclo da água, vital para os ecossistemas

O ciclo hidrológico é de grande importância para os ecossistemas naturais e regulação do clima. A água está em movimento contínuo através da mudança que faz em seus três estados diferentes – líquido, sólido e vapor – e é encontrada tanto na superfície da Terra quanto abaixo dela. 

A alteração do ciclo da água, como acontece com as mudanças climáticas, também significa modificar a vida dos ecossistemas do planeta.

Embora a quantidade total de água presente seja relativamente constante, sua disponibilidade não é. Daí a necessidade de se ter clareza sobre a importância da água para realizar uma gestão adequada e sustentável de seu consumo, a fim de evitar o esgotamento desse recurso e o estresse hídrico.

A importância da água para as plantas

A importância da água para as espécies vegetais que compõem o nosso ambiente natural é tal que o corpo da planta é composto por 70-90% dela. As plantas absorvem a água que vem da chuva, principalmente, embora também possa ser por irrigação.

A maior parte da água que eles absorvem é perdida pela transpiração e eles usam apenas cerca de 1% para seus processos bioquímicos. Mas sem água, o mundo vegetal estaria sujeito à extinção; e o planeta, à seca.

A água, como solvente universal, dissolve muitas substâncias. Característica que permite ser um meio de transporte para os nutrientes minerais encontrados no solo e assim chegar às plantas. Por sua vez, é um reagente químico que permite a fotossíntese, essencial para a vida.

Os desafios das mudanças climáticas no setor de água

A água é essencial para sustentar a biodiversidade, pois sua escassez é sinônimo de perda de espécies e ecossistemas. 

E é também um elemento-chave diante das mudanças climáticas: o aquecimento global provoca o aumento das secas, chuvas torrenciais e inundações que produzem migrações, mudanças nos ecossistemas e o desaparecimento da fauna e da flora.

O aumento das temperaturas leva ao derretimento das geleiras e, com isso, o nível do mar sobe. Por outro lado, aquece os oceanos e acidifica as suas águas, impedindo-os de cumprir o seu papel de sumidouros de CO2 e afetando as espécies marinhas.

Nesse contexto, deve-se levar em conta a importância da água no combate às mudanças climáticas, pois uma melhor gestão, maior cuidado e consumo mais responsável da mesma contribuirão para mitigar seus efeitos.