Em geral, o animal costuma se recuperar da anestesia 24 a 36 horas após a intervenção e de suas sequelas 10 dias depois.

Da mesma forma, os pontos são retirados após 10 a 15 dias, por isso é melhor permanecer em repouso ou com atividade muito moderada para promover o processo de cicatrização.

Por seu lado, a esterilização dos gatos costuma ser muito simples, pelo que podem ser totalmente recuperados em 24 a 48 horas.

Quanto tempo demora para cicatrizar pontos em cachorro

Quanto tempo demora para cicatrizar pontos em cachorro
Quanto tempo demora para cicatrizar pontos em cachorro

Quanto tempo demora para cicatrizar pontos em cachorro, No caso das fêmeas, a lesão muscular resultante da operação demora até dois meses para cicatrizar,nos machos pode levar um pouco mais de tempo.

Cuidados pós-operatórios

O mais recomendado é que nos dias após a operação o animal descanse em um local confortável, quente e tranquilo e longe do barulho da casa.

Da mesma forma, devemos monitorá-lo regularmente para detectar o possível aparecimento de febre e observar o estado da ferida para evitar complicações como infecção.

Dessa forma, uma série de cuidados básicos deve ser realizada para que ela se recupere no menor tempo possível:

– Comida. Eles não devem ser forçados a comer nas horas após a operação, pelo menos não até que o anestésico seja completamente removido.

– Limpeza. A ferida deve ser limpa diariamente em condições assépticas, evitando qualquer contato com qualquer fonte de germes.

– Proteção da ferida. O uso de colares elizabetanos é muito eficaz na prevenção de lambidas.

– Prevenção da dor. Caso o animal apresente desconforto, pode ser amenizado com analgésicos e anti-inflamatórios previamente prescritos pelo veterinário. Se necessário, antibióticos também podem ser prescritos.

Meu cachorro foi operado, como devo cuidar dele?

Um cão que tem uma ferida cirúrgica tem uma tendência instintiva de lamber a ferida. A razão é que, desta forma, o cão limpa a ferida e alivia a dor.

 No entanto, esse comportamento instintivo é uma provação para os veterinários quando se trata de recuperar o cão convalescente de uma operação.

“ A saliva tem um certo efeito antisséptico, mas estraga os pontos e pode prolongar a recuperação do animal ”, explica Juan Antonio Aguado, veterinário.

A maneira mais eficaz de prevenir os danos que um cão pode causar ao lamber ou bater em uma ferida cirúrgica é com a colocação da coleira elizabetana.

 Este dispositivo consiste em um plástico que envolve o pescoço e tem a aparência de um sino. É desconfortável para o animal porque dificulta sua mobilidade, mas é a única forma de evitar que ele lamba a ferida cirúrgica.

Depois de passar pela sala de cirurgia, um cão convalescente precisa de certos cuidados para retomar seu ritmo habitual. Demora cerca de dez dias para se recuperar.

 Mas em casa, os donos também podem ajudar seu animal de estimação a voltar aos trilhos após a cirurgia com algumas orientações simples.

1. O apetite do cão operado pode diminuir

O apetite do cão em recuperação de uma operação pode diminuir. Mas no mercado alimentar existem variedades de rações e latas para cães que após a cirurgia necessitam de uma alimentação bastante energética

Dessa forma, mesmo que você coma menos, você se sentirá satisfeito.

2. Cães operados: cuidado com vômitos

Durante o processo de recuperação da anestesia, o cão pode vomitar. Portanto, a veterinária Ana Megias aconselha não alimentá-lo por 24 horas após a operação. 

“O mais aconselhável é oferecer-lhe apenas água para evitar vômitos, devido à eliminação da anestesia no dia seguinte à operação”, acrescenta o especialista.

3. Cães operados com ferida: coleira elizabetana

O uso da coleira elizabetana durante os dez dias após a operação é essencial para evitar que o cão lamba a ferida. Essa circunstância é a principal causa da infecção da ferida operatória e do afrouxamento dos pontos.

Outros problemas que podem surgir no pós-operatório são febre, vômitos durante a recuperação da anestesia ou infecção da cicatriz cirúrgica. “Cerca de 20% das cirurgias em cães apresentam problemas no pós-operatório e a maioria é por lambedura na cicatriz”, explica Aguado.

4. Limpe a ferida do cachorro em casa

Limpar a ferida do cão em casa com um antisséptico duas vezes ao dia ajudará a evitar que a cicatriz seja infectada. O veterinário determinará os dias em que é necessário continuar limpando a ferida.

Por outro lado, existem cães que em qualquer idade podem apresentar problemas de coagulação

Nestes casos, o animal terá mais dificuldade em cicatrizar a ferida cirúrgica. Portanto, o veterinário optará por prescrever vitamina K, que promove propriedades de coagulação do sangue.

5. Evitar exercícios físicos ao cão operado

Evitar o exercício físico após a operação ajuda o cão a assentar os tecidos moles onde está localizada a cicatriz e evitar que os pontos se soltem.